Modelo de Negócios

 

Quanto maior o número de parceiros envolvidos, maior a velocidade de progressão da escala e de impacto social e econômico. O modelo de negócios tem relação direta com a natureza jurídica e organizacional do parceiro (a) contratante e isto, por sua vez, tem impacto direto na replicação de Redes Locais. A contratação de Redes Locais pode ser feita diretamente ou indiretamente pelo Poder Público, último beneficiário da transferência da tecnologia social da Rede a.tempo©. A diversificação do Modelo de Negócios amplifica o potencial de replicação do Modelo de Implantação.

 

Contratação direta pelo Poder Público sem Franquia Social

A contratação direta é realizada entre o IPADH e uma instituição governamental, sem a participação de outras. Neste caso, a implantação de Redes Locais é realizada diretamente pelo IPADH. A contratação direta só será disponibilizada em algumas localidades.

Seiscentas e vinte e cinco (625) Equipes de Liderança Locais de Rede, formadas dentro de apenas um ano, estão autorizadas a implantar 9.375 Redes Locais por replicação. Porém, uma equipe é restrita a apenas um município, mesmo que este venha a possuir um número inferior a 15 Redes Locais. Essa efetividade prevista para a implantação pode ser considerada uma ampla cobertura, de rápida progressão de escala, em comparação com modelos mais tradicionais de qualificação profissional e implantação de soluções complexas, baseadas mais em encontros presenciais, pois um trio de líderes pode implantar até 15 Redes Locais.

 

Contratação direta pelo Poder Público com Franquia Social

A Franquia Social é o uso da abordagem da franchising comercial para replicar e compartilhar modelos organizacionais válidos para que se obtenha maiores impactos sociais. Segundo Temple (2011), há diversas abordagens de replicação e escalabilidade, dos quais a Franquia Social é apenas uma.

Quanto maior o risco do problema a ser abordado, maior a necessidade de controle do modelo de implantação. O franqueamento é o modelo de destaque porque se considera que, ao trabalhar com vulnerabilidades sociais (adversidades) o impacto é afetado pela gravidade e resistência à transformação da própria realidade que se pretende transformar.

Por ser uma Franquia Social, a Rede a.tempo© possibilita que suas abordagens inovadoras sejam replicadas e ganhem escala, impactando milhares de famílias grávidas e com crianças com até três anos em curto espaço de tempo, levando-se em conta as dimensões territoriais do parceiro contratante e os aspectos sócio-políticos contextuais.

A Franquia Social a.tempo© tem um diferencial: ela estabelece um Coeficiente de Equidade, desenvolvido pelo IPADH, que reduz os custos para os municípios e territórios com IDH mais baixo, criando um círculo virtuoso: quanto maior é o investimento nas áreas mais vulneráveis, menor é o custo para o Franqueado.

O treinamento da equipe do Escritório da Franquia recebe treinamento aprofundado inicial de cinco dias e acompanhamento e monitoramento direto pela equipe do IPADH O número de Rede Locais concedidas ao Escritório de Franquia é diretamente proporcional à sua qualidade técnica e operacional de implantação do Modelo de Acompanhamento Intersetorial do Desenvolvimento da Criança.

A contratação por Franquia Social envolve o financiamento público com participação de uma organização não governamental idônea legalmente constituída, relevante para a estratégia de replicação do/a parceiro/a, que não configure concorrência direta. Tal organização deverá ter a infraestrutura e funcionamento adequado à implantação da Rede a.tempo© e comprometida com a transferência da tecnologia social para os serviços públicos. Essa estratégia permite a replicação em escala em territórios/localidades distantes geograficamente.

A Franquia Social a.tempo© segue os procedimentos padrão de uma Franquia Comercial, envolvendo o estabelecimento de um acordo legal entre o Franqueador (IPADH) e o Franqueado. Tal acordo especifica as obrigações entre Franqueador e Franqueado: o Franqueador ensina ao Franqueado como funciona o Modelo de Implantação, e o apoia por meio de treinamentos e comunicação constante enquanto o acordo legal estiver em vigor. Confere ainda ao Franqueado uma licença para replicar o formato completo, com uso da mesma marca, delimitando o território no qual o Franqueado pode operar.

 

Contratação direta por organização com/sem fins lucrativas interessadas na Causa da Primeira Infância como Responsabilidade Social

Muitas empresas desejosas em concretizar sua missão/responsabilidade social encontraram na Rede a.tempo© uma solução de grande potencial de impacto social, investimento acessível, desburocratização e facilitação operacional, além do retorno de marketing e imagem por seu investimento. Os territórios de implantação de Redes Locais poderão seguir critérios do(a) parceiro(a) contratante aliados a critérios sociais, elevando de modo substancial as possibilidades de fomento da Causa da PI pelo empresariado com responsabilidade social.

Parceiro/a público é toda entidade governamental a nível federal, estadual ou municipal que investe na Rede a.tempo© e realiza o convênio com prefeituras nas quais acontecerão a implementarão.
Parceiro/a privado é toda entidade de direito privado, com ou sem fins lucrativos, que investe na Rede a.tempo e realiza o convênio com prefeituras para a implantação de Redes Locais.

Parceiro/a franqueado é toda entidade com fins lucrativos que adere ao Modelo de Franquia Social para implantação de Redes.

Parceiro/a Locais são Prefeituras Municipais responsáveis pela manutenção da equipe de líderes locais e de facilitadores de rede da Rede a.tempo© que são responsáveis pela multiplicação das Rede Locais durante os ciclos do projeto e durante o licenciamento de operação no final do segundo ciclo.