O futuro é nosso hoje

Tudo que criei e defendi
Nunca deu certo.
Nem foi aceito.
E eu perguntava a mim mesma
Por quê?
Quando menina,
Ouvia dizer sem entender
Quando coisa boa ou ruim
Acontecia a alguém:
Fulano nasceu antes do tempo,
Guardei.
Tudo que criei, imaginei e defendi
Nunca foi feito.
E eu dizia como ouvia
A moda de consolo:
Nasci antes do tempo.
Alguém me retrucou.
Você nasceria sempre
Antes do seu tempo.
Não entendi e disse Amém.
(Nasci antes do tempo – Cora Coralina)

Vivemos no país e no mundo, tempos difíceis. São tempos de incertezas, de alguns retrocessos, de luta por avanços, de luz e escuridão. O IPADH segue acreditando no presente como condição para o futuro. E por isso continua trabalhando.
Em 2017, o IPADH participou da Formação “Desenvolvimento da Primeira Infância na Escola da Família”, iniciativa do Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância, junto com a Diretoria de Ensino da Região de Jundiaí.Parceria que frutificou gerando uma participação no I Congresso Regional do Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância, organizado pelo Comitê Municipal do Programa Primeiríssima Infância de Cabreúva. Os trabalhos apresentados foram:“Construção de um portfólio de ações sobre o Desenvolvimento da Primeira Infância para o Programa Escola da Família da Diretoria de Ensino de Jundiaí no contexto do Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância – Região de Jundiaí”e “Robustez e engajamento de stakeholders na rede da primeira infância em nove municípios do interior paulista, no contexto do Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância, na região de Jundiaí: diferentes percepções da rede por gestores-facilitadores de rede”.

Fazer parte do time de apoiadores da Rede de Comitês Municipais do SPPI-região de Jundiaí tem sido motivo de alegria. Desde o primeiro encontroem 2015, a rede tem se fortalecido e se ampliado, trazendo importantes aprendizados que ficarão para a vida toda sobre como construir uma rede solidária entre gestores de programas da primeira infância, em grande parte, pela iniciativa dos líderes municipais e principalmente regionais da DRS de Saúde de Jundiaí.
E também em Jundiaí, desta vez em parceria com a Prefeitura, o apoio da Prefeitura de Itupeva, numa inciativa do Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância/Fundação Maria Cecília Souto Vidigal e produção da TV TEC, concebemos e apoiamos uma série de vídeos: “As 5 maneiras como as crianças aprendem”, abordando os temas da exploração do mundo, do brincar, do imitar, do repetir e do relacionar-se. Está disponível em http://institutoprimeirosanos.com.br/category/videos/

Série “Como as crianças aprendem”. Capítulo 1 – As crianças aprendem explorando o mundo, com concepção e apoio do IPADH.
Com grande satisfação, iniciamos a implantação da Rede a.tempo na cidade de Itatiba, com o lançamento oficial ocorrido na abertura da “6ª. Semana Regional do Bebê” da cidade, que contou com a presença do prefeito e demais autoridades. De lá para cá foram mais cinco encontros para implementação da rede e uma visita para conhecimento das unidades onde estaremos atuando. Hoje temos cadastrados 476 beneficiários diretos e indiretos, sendo 40 gestantes, 157 crianças, 02 tutores, 142 mães e 135 pais. E também implantados e em funcionamento os instrumentos: Educação-Desenvolvimento escolar; Social – Patrimônio Imaterial; Saúde – Acompanhamento da vigilância do desenvolvimento infantil (VDI); cobertura pré-natal, cuidados familiares da gestante e da criança e saúde mental materna; Intersetorial -Violências violências domésticas e adversidades. E ainda disponível em Nossas Redes: Gráfico das adversidades (demonstra em percentual o andamento das adversidades inseridas na rede); Gráfico do perfil de engajamento mensal da rede (demonstra os acessos dos usuáriosà rede a.tempo). E, disponível em Nossas Crianças: Gráfico de cuidados familiares (sistema EOR)e Acompanhamento a.tempo do Desenvolvimento Infantil.

Lançamento Rede a.tempo, Itatiba – SP.

Visita à unidade da Rede Local Porto Seguro a.tempo (rede 1).

Ainda em 2017, em parceria com a Prefeitura Municipal de Recife e a Fundação Bernard Van Leer, estivemos em Recife, junto com a professora Dra. Anna Maria Chiesa (USP) para uma série de quatro oficinas, contribuindo para a elaboração do Marco Legal da Primeira Infância do município.
Em 2018, fomos convidados pelo Programa São Paulo pela Primeiríssima Infância, por meio do SENAC, a desenvolver nossa oficina de mobilização de redes para as regiões de Apiaí e Litoral Norte. Saímos desta experiência com a certeza de que a territorialidade é mesmo local e que as diferenças regionais devem ser observadas para o fortalecimento do todo das redes.

Oficina de Redes

Continuamos nos dedicando ao desenvolvimento do Multissistema Intersetorial de Tempo Real (MITRA 4), de acompanhamento do desenvolvimento da criança para o enfrentamento intersetorial das adversidades, nosso sistema inovador que intermedia a interatividade da Rede a.tempo, sem dúvida nosso maior desafio dos últimos anos. Combinando ciência, tecnologia, comunicação, negócios e inovação social,nossas energias têm sido dedicadas a criar um sistema digital de fácil navegabilidade para monitorar, avaliar e operacionalizar um modelo único e necessário de acompanhamento do desenvolvimento da criança em tempo real.
Há muito ainda a se fazer porque as crianças não são o futuro. Elas são o nosso presente e merecem o cuidado e atenção de todos os setores e entidades públicas e civis comprometidos com um mundo melhor para todas e todos.
Gostaríamos de recomendara leitura do depoimento de Alexandre Krug, ator e tradutor, que a nosso convite, relatou sua recente experiência de vivenciar a paternidade ativa, e, o artigo de Ângela Maricondi e Anna Maria Chiesa sobre a Escuta como Cuidado e Presença. Este artigo é orgânico em relação ao nosso modo de trabalho e sempre nos inspira.

Boas leituras!

Equipe IPADH

Comments are closed.